Sintcope participa de reunião para implantação do banco de horas

Publicado em 13/02/2017

A CLT condiciona a validade do Banco de Horas à realização de Acordo ou Convenção Coletiva de Trabalho

Imagem da notícia Sintcope participa de reunião para implantação do banco de horas

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Petrolina participou na manhã de quinta-feira (9) de uma reunião entre trabalhadores e gerência da empresa Stillo Móveis para implantação do Banco de Horas.

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) condiciona a validade do Banco de Horas à realização de Acordo ou Convenção Coletiva de Trabalho, o que na prática exige a participação do sindicato.

O Sintcope foi representado na reunião pela presidente Dilma Gomes e pela assessoria do sindicato, Eunice Nunes. A empresa apresentou uma proposta que foi analisada pelo Sindicato e este consultou os trabalhadores. Por decisão da maioria dos comerciários houve a adoção do Banco de Horas, conta Eunice.